04 e 05
de outubro
São Paulo - Brasil
< Voltar ao blog

Data Science, um mundo de dados e linguagens

6 de setembro de 2017

Quem trabalha com Data Science sabe que é preciso ser um poliglota para ter sucesso nessa área. Assim como no mundo dos negócios saber inglês é só uma commodity, no reino do Big Data, dominar Phyton é quase como ter bom português.

Afinal, Phyton é uma linguagem fácil de aprender e de ler e roda em vários sistemas operacionais. É melhor ainda para quem não gosta de usar o prompt de comando, graças à sua interface amigável. E, o mais importante, é uma linguagem ampla, flexível e fácil de aprender.

Mas hoje vamos falar sobre outras línguas tão importantes quanto Phyton para quem se dedica a Data Science. A primeira – e mais conhecida delas – é a linguagem R, especialmente criada para computação estatística. E, como é de se esperar, tem mais pacotes open source. Google e Facebook tem a R em comum.

Contudo, há outras linguagens menos conhecidas, mas nem por isso menos relevantes.
Uma delas é o Apache Hadoop. Ela já vem sendo bastante usada por setores (do financeiro ao varejo) que precisam lidar com uma avalanche de dados variados e com alta velocidade, estruturados ou não estruturados. Essa linguagem de código aberto foi criada para dar suporte de distribuição para o projeto Apache Nutch, um buscado open source parte de um outro projeto, o Lucene.

Julia também merece atenção. Hackers gostam muito dela, o que já basta para que seja olhada com carinho. É mais fácil de aprender, mais maleável que a Phyton e muito mais veloz que a R. Como é muito nova, ainda precisa amadurecer, com novos pacotes e ferramentas para ser competitiva. Mas tem tudo para brilhar em breve.

Por isso é que ser bilíngue é só o começo de quem trabalha com Data Science, pois nem R nem Python dão conta das crescentes necessidades do mercado. Não por acaso, Java, Scala, Matlab, Octave, Go, SPSS e Tableau são opções que não fecharam espaço para uma série de outras linguagens que atendem requisitos específicos de setores igualmente específicos.

Ser poliglota, portanto, nunca foi tão importante.

Data Science é um dos tema da conferência Web.br 2017, um dos principais eventos de desenvolvimento Web do Brasil, que será realizado dias 24 e 25 de outubro, em São Paulo.

Leia Também

Inscrições

Faça a sua inscrição e fique por dentro das inovações e tendências Web com os melhores palestrantes nacionais e internacionais!

A Web.br é o local perfeito para trocar experiências e ficar por dentro das novidades do mercado.

30 E 31 DE OUTUBRO

Nós podemos ter a Web que queremos!

segundo lote

Assine a
newsletter

 

Fique por dentro das novidades do evento!

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba atualizações de agenda, novos palestrantes, informações sobre inscrições e muito mais!

Seja um
patrocinador:

A sua empresa deseja patrocinar ou apoiar a edição 2018 da conferência Web.br? Fale com a gente!

organização

Centro de Estudos sobre Tecnologias Web Acesse o site do NIC.br Acesse o site do CGI.br

Iniciativa convidada

Acesse o site do W3C
Imagem do rodapé