04 e 05
de outubro
São Paulo - Brasil
< Voltar ao blog

Ética em Inteligência Artificial é responsabilidade de todos

14 de agosto de 2018

A explosão de dados trazida com a popularização das redes sociais e do crescente uso da Web levou ao desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras, capazes de transformar nossas vidas com velocidade e intensidade jamais experimentados. A Inteligência Artificial está entre essas tecnologias que avançam a passos largos.

Mas até que ponto o uso de dados para o desenvolvimento de soluções desse tipo é aceitável? Quando o uso de informações específicas ultrapassa a barreira da ética?

São essas questões que Thiago Cardoso, diretor de tecnologia da Hekima, vai responder em sua palestra durante a Conferência Web.br. “Utilizar essas tecnologias e aplicações de maneira ética, consciente e inclusiva é uma responsabilidade de todos nós desenvolvedores, empresas e até quem está sendo impactado pela tecnologia”, afirma Cardoso, um dos keynotes speakers do evento.

Em uma seção da Web.br intitulada “Ética e Responsabilidade em Inteligência Artificial”, Cardoso vai detalhar como desenvolvedores, usuários e legisladores podem ajudar a traçar um caminho positivo para as aplicações de IA no Brasil. “Estamos falando de tecnologias bastante novas, com um potencial gigantesco de causar impactos positivos. Só precisamos estabelecer as boas práticas para garantir esse trajeto positivo desde o início”, afirma.

Cardoso vai mostrar durante a sua apresentação como é possível definir limites, estabelecer regras e desenvolver tecnologias responsáveis. Ele cita, por exemplo, o uso de uma ferramenta que permite usar aprendizado de máquinas, treinar modelos e algoritmos dentro do próprio celular. “É uma forma de garantir que a informação não precise sair do dispositivo para ser utilizada em modelos de IA”, explica.

Além disso, o especialista vai discutir boas práticas e demonstrar casos de uso de Inteligência Artificial nos quais a ética foi deixada de lado. “São coisas simples, mas que precisam ser aplicadas desde o início. Por exemplo, informar ao usuário, de maneira simples, como o dado dele será utilizado. E dar a ele a opção de não permitir o uso da informação”, diz Cardoso.

Esse tema é imperdível para você que quer contribuir para o desenvolvimento responsável da Inteligência Artificial e da Web.

Garanta hoje mesmo o seu ingresso: http://conferenciaweb.w3c.br

 

Leia Também

Inscrições

Faça a sua inscrição e fique por dentro das inovações e tendências Web com os melhores palestrantes nacionais e internacionais!

A Web.br é o local perfeito para trocar experiências e ficar por dentro das novidades do mercado.

30 E 31 DE OUTUBRO

Nós podemos ter a Web que queremos!

Assine a
newsletter

 

Fique por dentro das novidades do evento!

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba atualizações de agenda, novos palestrantes, informações sobre inscrições e muito mais!

Seja um
patrocinador:

A sua empresa deseja patrocinar ou apoiar a edição 2018 da conferência Web.br? Fale com a gente!

organização

Centro de Estudos sobre Tecnologias Web Acesse o site do NIC.br Acesse o site do CGI.br

Iniciativa convidada

Acesse o site do W3C
Imagem do rodapé